Raquete da gama ADIPOWER JUNIOR da prestigiada marca Adidas na sua versão 1.8. É uma das edições junior para o ano de 2018. Composta 100% por fibra de vidro e um núcleo de goma EVA SOFT PERFORMANCE, uma goma de densidade baixa. Tem um formato redondo e uma superfície lisa com acabamento brilhante. Tal como na outra análise efectuada a uma raquete junior a mesma teve o contributo de um jogador de ténis sub-10, que contribuiu com a sua opinião.

CARACTERÍSTICAS DA RAQUETE:

PRIMEIRAS IMPRESSÕES:

Ao pegar fica-se com a sensação de uma raquete bem acabada, sem diferenças para o modelo de adulto, com excepção única do peso. O balanço está direccionado para o punho. Nestes modelos não é de considerar qualquer alteração do balanço da raquete através de pesos.

LINHAS GERAIS:

A jogar é uma raquete com um toque médio-soft e regular. Tem uma pancada sólida e com saída média-curta. Apresenta um sweet spot amplo. Em termos de potência, tendo em conta o modelo junior está bastante bem.

NA REDE:

Na rede é constante e permite efectuar todas as pancadas de forma correcta. Volleys, bandejas ou smashes saem controlados e sem surpresas o que permite a aprendizagem correcta da técnica.

NO FUNDO DO COURT:

No fundo do court é confortável e muito manejável tendo em consideração o físico de um atleta junior.

PESO:

O peso testado foi o de 314gr.

SUPERFÍCIE:

A superfície é lisa com acabamento brilhante.

SONORIDADE:

Em termos sonoros é uma raquete que tem uma sonoridade média-baixa e um timbre médio.

CORDÃO DE SEGURANÇA:

O cordão de segurança é simples o que deixa algo a desejar.

DURABILIDADE:

Em termos de durabilidade, parece ser uma raquete sólida e bem construída. Tendo em conta os utilizadores talvez o tempo de vida diminua consideravelmente.

PRÓS:

  • Bom sweet spot
  • Boa relação qualidade/preço
  • Manejável e confortável

CONTRAS:

  • Cordão de segurança não ajustável

CONCLUSÃO:

Em conclusão, esta é uma raquete  fácil e manejável, exactamente o que se pede para este tipo de raquete junior. Conta com uma pancada de dureza média-soft e saída média-curta. Irá certamente ser do agrado de um atleta em fase de aprendizagem, quer a nível visual, quer a nível de conforto na utilização.

Não senti praticamente vibração no braço. A goma soft, o acabamento em fibra de vidro e o sistema exoskeleton idêntico ao modelo de adulto contribuem para isso. Os acabamentos são muito bons e o visual bastante atractivo para o público jovem sem dúvida.

É uma raquete de qualidade, que se adequa bem ao jogador target e permite uma correcta aprendizagem de todas as pancadas do padel. Boa opção da Adidas para a gama junior a um preço muito atractivo.

POTÊNCIA
CONTROLO
SAÍDA
MANUSEABILIDADE
SWEET SPOT
QUALIDADE/PREÇO

A sua avaliação / Your review

NEWSLETTER

Fique a par das análises mais recentes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*