Raquete da gama CARBON CTRL da prestigiada marca Adidas na sua versão 1.8. É a edição de controlo de gama alta para o ano de 2018. Composta por fibra de carbono 3K na estrutura e face. Conta com um núcleo de goma EVA HIGH MEMORY, uma goma de densidade média-alta. Tem um formato redondo e uma superfície lisa.

CARACTERÍSTICAS DA RAQUETE:

PRIMEIRAS IMPRESSÕES:

Ao pegar fica-se com a sensação de uma raquete equilibrada e bem acabada. O balanço está centrado, a descair muito ligeiramente para a cabeça. Colocando fitas de tungsténio ou chumbo na parte superior é possível colocar um balanço um pouco mais alto para quem preferir. Caso queira baixar um pouco mais o balanço basta colocar as fitas por baixo dos overgrips.

LINHAS GERAIS:

A jogar é uma raquete com um toque médio-duro. Tem uma pancada com um controlo fenomenal de fundo do campo, responde exactamente ao que lhe é “instruído”. Apresenta um sweet spot amplo. Em termos de potência fica um pouco aquém da ADIPOWER CTRL 1.8.

NA REDE:

Na rede a pancada continua a ser uma raquete muito sólida, mas não espere uma potência acima da média. Volleys e bandejas saem muito bem direccionados e precisos mas para atingir boa profundidade requer alguma força extra. No smash é onde se nota mais a falta de potência.

NO FUNDO DO COURT:

O controlo é deveras excepcional em fase defensiva, uma raquete que não lhe trará surpresas desagradáveis e ajuda a construir o ponto. Tem uma saída curta e é muito manejável. Requer uma pancada completa e força extra para que os lobs não fiquem curtos.

PESO:

O peso testado foi o de 363gr.

SUPERFÍCIE:

A superfície é lisa com acabamento brilhante na face e mate nas laterais.

SONORIDADE:

Em termos sonoros é uma raquete que tem uma sonoridade média-alta e um timbre alto.

CORDÃO DE SEGURANÇA:

O cordão de segurança é simples o que deixa algo a desejar.

DURABILIDADE:

Em termos de durabilidade, parece ser uma raquete bastante sólida e bem construída o que leva a querer que poderá ter um largo período de vida útil.

PRÓS:

  • Excelente jogo defensivo
  • Bom sweet spot
  • Boa relação qualidade/preço

CONTRAS:

  • Cordão de segurança não ajustável
  • Falta potência

 

CONCLUSÃO:

Em conclusão, esta é uma raquete com um toque bem tradicional do carbono para jogadores consistentes que não gostem de inventar e primem pela segurança e construção do ponto acima de tudo. Conta com uma pancada de dureza média-dura e saída curta. Em fase defensiva é uma raquete que cumpre a 100% e não “inventa”. Tem uma saída curta o que significa que o jogador terá que tomar as rédeas e imprimir a força suficiente para que as pancadas não fiquem curtas. Este ponto em alguns jogadores é muito apreciado, outros preferem que uma raquete redonda conte com bastante mais saída. Gostos não se discutem.
Não senti praticamente vibração no braço, mas não está totalmente isenta pela sua rigidez estrutural. Os acabamentos são espectaculares bem como o visual gráfico, o que é a norma nesta marca. É uma raquete de boa qualidade, que na minha opinião serve jogadores de direita que façam da consistência a sua grande arma. Uma raquete que torna bastante difícil colocar um bola no vidro. Boa opção para quem esteja a iniciar ou em transição para um nível médio alto. Em suma uma excelente opção da Adidas com uma qualidade/preço bastante acima da média.

POTÊNCIA
CONTROLO
SAÍDA
MANUSEABILIDADE
SWEET SPOT
QUALIDADE/PREÇO

A sua avaliação / Your review

NEWSLETTER

Fique a par das análises mais recentes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*