[dfrcs name=”VIBORA LETHAL HYBRID PALA”]

Raquete da nova linha “Lethal”, da marca VIBOR-A, marca de renome do padel internacional, na sua versão HYBRID 2020. Composta por uma estrutura tubular de carbono 6K, faces em carbono 24k de goma black EVA ultra soft. Tem um formato lágrima oversize. Conta com uma superfície lisa e acabamento brilhante. De realçar o sistema de anti-vibração incorporado na estrutura da raquete e um coração reforçado.

CARACTERÍSTICAS DA RAQUETE:

PRIMEIRAS IMPRESSÕES:

Ao pegar nela pela primeira vez fica-se com a sensação de uma raquete bem acabada, robusta mas com uma sensação de leveza. O balanço está centrado, a descair para a cabeça.

Ao colocar-se os overgrips, conseguirá optimizar ligeiramente o balanço em direcção ao punho. Se não conseguir colocar mais do que 1 overgrip a opção recai também por colocar os pesos incluídos para baixar o balanço da raquete. Pelo contrário se quiser ainda adicionar mais potência, coloque os pesos incluídos no topo da raquete no local indicado no protector. Esta é uma opção bastante viável para quando se gosta muito de todas as outras características de uma raquete, menos do balanço.

LINHAS GERAIS:

Em jogo é uma raquete com um toque médio-soft, bastante confortável. O sweet spot está centrado e é um pouco acima da média, dado o formato lágrima oversize. No que toca a potência, está uns pontos abaixo da sua “irmã” LETHAL ATTACK , mas cumpre. Tem uma saída de bola média-alta.

NA REDE:

Na rede bandejas e volleys saem profundos geralmente. A manuseabilidade é um ponto positivo neste formato híbrido, o que permite reagir com razoável rapidez e efectuar os movimentos correctos. No smash vai precisar de imprimir aquele extra de potência, para chegar ao resultado dos formatos mais agressivos pelo que conseguirá, com algum esforço e com a técnica correcta, de sacar por 3, por 4 ou trazer a bola de volta.

FUNDO DO COURT:

O controlo na zona defensiva é bastante positivo, fruto da boa manuseabilidade e sweet spot  generoso, não chega a uma raquete redonda, mas está lá perto. A saída média-alta, ajuda nas bolas mais complicadas, bem como o sweet spot amplo. Lobs, saem com natural profundidade, há que ter cuidado para não atingir o vidro.

PESO:

O peso testado foi o de 369gr.

SUPERFÍCIE:

A superfície é lisa com acabamento brilhante.

SONORIDADE:

Em termos sonoros é uma raquete que tem uma sonoridade média-baixa e com um timbre médio-baixo, um pouco diferente da norma da marca de sonoridade alta.

CORDÃO DE SEGURANÇA:

O cordão de segurança é simples e não ajustável, um dos poucos pontos que desilude nesta raquete, pois estávamos a espera do tradiconal sistema vibor-a de ajuste confortável.

DURABILIDADE:

Em termos de durabilidade, parece ser uma raquete muito sólida e robusta. Bem cuidada, poderá durar bastante tempo com boa performance.

PRÓS:

  • Sweet spot amplo
  • Saída (para quem gosta de saída alta)
  • Confortável

CONTRAS:

  • Cordão de segurança não ajustável
  • Ligeira falta de potência
  • Preço

CONCLUSÃO:

Em conclusão, tal como a LETHAL ATTACK, testada anteriormente, esta raquete da nova gama da  VIBOR-A, que prima pelo conforto, deixa boas impressões. Esta uma versão bem mais “all-round”, que pretende ser uma solução para todas as fases do jogo. Serve jogadores de ambos os lados e de todos os níveis, dada a sua permissividade, contudo dado o preço concordante com uma gama alta, será mais indicada para jogadores já com algum nível.

Conta com uma pancada média-soft, confortável. O sweet spot é amplo. Em fase defensiva o controlo é bastante bom e a saída ajuda nas bolas mais complicadas.

O balanço é centrado, a tender ligeiramente para a cabeça e a manuseabilidade bastante positiva. Na rede, não sendo o seu “habitat natural”, cumpre e permite reagir rapidamente e executar com mais facilidade as pancadas mais complicadas. A saída torna-a uma raquete permissiva, sem dúvida, mas há que ter bastante atenção ao vidro. Consegue-se, com algum esforço e com técnica correcta (para jogadores experientes), sacar por 3, por 4 e trazer a bola de volta.

A parte visual continua com um design muito atraente, com os tons da malha de carbono em dourado metalizado e preto, um acabamento muito brilhante e a típica imagem da serpente da marca.

Para o cotovelo, é uma excelente opção, dado o foco da marca em reduzir ao máximo as vibrações desta raquete.

Uma raquete inovadora por parte da Vibor-a, de qualidade, mas com um preço concordante com a mesma.

Bons jogos!

POTÊNCIA
CONTROLO
SAÍDA
MANUSEABILIDADE
SWEET SPOT
QUALIDADE/PREÇO

A sua avaliação / Your review

NEWSLETTER

Fique a par das análises mais recentes!

Deixe uma resposta